É COISA MINHA!!!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Já fez a Faxina?



Estava precisando fazer uma faxina em mim... Jogar alguns pensamentos indesejáveis fora...

Lavar alguns tesouros que andavam meio que enferrujados... Tirei do fundo das gavetas lembranças que não uso e não quero mais. Joguei fora alguns sonhos, algumas ilusões... processo dolorido esse...
Papéis de presente que nunca usei, sorrisos que nunca darei... Joguei fora a raiva e o rancor das flores murchas que estavam dentro de um livro que não li... Olhei para meus sorrisos futuros e minhas alegrias pretendidas E as coloquei num cantinho, bem arrumadinhas. Fiquei sem paciência! Tirei tudo de dentro do armário e fui jogando no chão:

Paixões escondidas, desejos reprimidos, palavras horríveis que nunca queria ter dito, mágoas de um amigo, lembranças de um dia triste... o amor que perdi...Mas, lá também havia outras coisas... e belas! Um passarinho cantando na minha janela Aquela lua cor de prata, o pôr-do-sol... Fui me encantando e me distraindo, olhando para cada uma daquelas lembranças... Como ainda dói lembrar de algumas coisas...como dói ainda lembrar de você...

Sentei no chão, para poder fazer minhas escolhas. Joguei direto no saco de lixo os restos de um amor que me magoou. Peguei as palavras de raiva e de dor que estavam na prateleira de cima, pois quase não as uso, e também joguei fora no mesmo instante! Outras coisas que ainda me magoam, coloquei num canto para depois ver o que farei com elas, se as esqueço lá mesmo ou se mando para o lixão.
 Aí, fui naquele cantinho, naquela gaveta que a gente guarda tudo o que é mais importante: O amor, a alegria, os sorrisos, um dedinho de fé para os momentos que mais precisamos...

Como foi bom relembrar tudo aquilo! Recolhi com carinho o amor encontrado, dobrei direitinho os desejos, coloquei perfume na esperança, passei um paninho na prateleira das minhas metas, deixei-as a mostra, para não perdê-las de vista.

Coloquei nas prateleiras de baixo algumas lembranças da infância, na gaveta de cima as da minha juventude e, pendurado bem à minha frente, coloquei a minha capacidade de amar e de recomeçar.Sempre acreditando que dias melhores virão.Na esperança de poder sonhar outra vez,acreditar de novo...não temer...sem lamentar oque perdido foi...

Eis-me aqui outras vez!

sábado, 6 de novembro de 2010

METADE

METADE

Que a força do medo que eu tenho não me impeça de ver o que anseio. Que a morte de tudo em que acredito não me tape os ouvido e a boca. Porque metade de mim é o que grito mas a outra metade é o silêncio.

Que a música que eu ouço ao longe seja linda, ainda que triste. Que a/o mulher/homem que eu amo seja para sempre amada/o mesmo que distante. Porque metade de mim é partida mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor. Apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimento. Porque metade de mim é o que ouço mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora se transforme na clama e na paz que eu mereço. E que essa tensão que me corroe por dentro seja um dia recompensada. Porque metade de mim é o que penso mas a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste e que o convivio comigo mesmo/a se torne ao menos suportável. Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso, que eu me lembro ter dado na infância. Porque metade de mim é a lembrança do que fui a outra metade eu não sei.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espirito. E que o teu silêncio fale cada vez mais. Porque metade de mim é abrigo mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta mesmo que ela não saiba. E que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade para faze-la florescer. Porque metade de mim é platéia e a outra metade é a canção.

E que minha loucura seja perdoada. Porque metade de mim é o amor e a outra metade também.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Salmo 27

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

No limite

Tão cansada...o que fazer quando tudo começa dar errado,ou só acontece na forma mais difícil?

Tô no  meu limite...

Procurando descanso,sossego...solução...

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Ansiedade

"Ando meio desligada,já nem sinto os meus pés no chão..."



Finalmente apareci por aqui...


Estou vivendo uma rotina muito doida...Estou ansiosa ao extremo.Ansiedade. Preocupação. Pensamentos fora de controle
 preocupada,acelerada demais...Seria tão mais fácil sentar e saber esperar o amanhã ao invés de sofrer por antecipação né?


Quem nunca se sentiu assim? Por uns dias, por longos dias, por um instante?


Tem horas que meu cérebro parece que vai entrar em pane...


Tomei coragem e ano que vem vou encarar a faculdade,se eu passar no vestibular é claro rs,motivo esse de tanta ansiedade.
Já está tudo planejado,meus horários,o trabalho,meu psicológico rs,tudo arquitetado para voltar a estudar depois de tantos anos...Psicologia aí vou eu.

Demorei muito tempo na minha vida para decidir se faria faculdade ou não,mais desde o momento que decidi sabia que seria psicologia...Agora é correr atrás.


E por falar em correr atrás tenho que estudar muito e nem sei por onde começar....MEU DEUS ME AJUDA...Porque está difícil,parece que mais nada entra nessa cabeça e tudo que sabia um dia ,simplesmente sumiu....Tantos livros,tanta coisas para ler...tô ficando doidinha já...não vejo a hora de passar logo essa etapa de vestibular que aí eu desacelero,sossego e volto a viver ...até o próximo capítulo da novela,he he he.




Espero que quando voltar por aqui,tenha boas notícia,e ter muitas coisas para contar.Por enquanto vou ficar por aqui tentando me controlar ,não comer muitas unhas e nem arrancar muitos cabelos,rs



quinta-feira, 1 de abril de 2010

O Homem que veio da Sombra

O texto a seguir, foi retirado do livro:

"O homem que veio da sombra"
de Luiz Gonzaga Pinheiro


Adeus: É quando o coração que parte deixa a metade com quem fica.

Amigo: É alguém que fica para ajudar quando todo mundo se afasta.

Amor ao próximo:É quando o estranho passa a ser o amigo que ainda não abraçamos.

Caridade: É quando a gente está com fome, só tem uma bolacha e reparte.

Carinho: É quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo

Ciúme:
É quando o coração fica apertado porque não confia em si mesmo.

Cordialidade: É quando amamos muito uma pessoa e tratamos todo mundo da maneira que a tratamos.

Doutrinação: É quando a gente conversa com o Espírito colocando o coração em cada palavra.

Entendimento: É quando um velhinho caminha devagar na nossa frente e a gente estando apressado não reclama.

Evangelho:
É um livro que só se lê bem com o coração.

Evolução: É quando a gente está lá na frente e sente vontade de buscar quem ficou para trás.

Fé:
É quando a gente diz que vai escalar um Everest e o coração já o considera feito.

Filhos:
É quando Deus entrega uma jóia em nossa mão e recomenda cuidá-la

Fome:
É quando o estômago manda um pedido para a boca e ela silencia.

Inimizade: É quando a gente empurra a linha do afeto para bem distante.

Inveja: É quando a gente ainda não descobriu que pode ser mais e melhor do que o outro.

Lágrima: É quando o coração pede aos olhos que falem por ele.

Lealdade: É quando a gente prefere morrer que trair a quem ama.

Mágoa: É um espinho que a gente coloca no coração e se esquece de retirar.

Maldade: É quando arrancamos as asas do anjo que deveríamos ser.

Morte: Quer dizer viagem, transferência ou qualquer coisa com cheiro de eternidade.

Netos: É quando Deus tem pena dos avós e manda anjos para alegrá-los.

Obsessor: É quando o Espírito adoece,manda embora a compaixão e convida a vingança para morar com ele.

Ódio: É quando plantamos trigo o ano todo e estando os pendões maduros a gente queima tudo em um dia.

Orgulho: É quando a gente é uma formiga e quer convencer os outros de que é um elefante.

Paz: É o prêmio de quem cumpre honestamente o dever.

Perdão: É uma alegria que a gente se dá e que pensava que jamais a teria.

Perfume: É quando mesmo de olhos fechados a gente reconhece quem nos faz feliz.

Pessimismo: É quando a gente perde a capacidade de ver em cores.

Preguiça: É quando entra vírus na coragem e ela adoece.

Raiva: É quando colocamos uma muralha no caminho da paz.


Saudade: É estando longe, sentir vontade de voar, e estando perto, querer parar o tempo.

Sexo: É quando a gente ama tanto que tem vontade de morar dentro do outro.

Simplicidade: É o comportamento de quem começa a ser sábio.

Sinceridade: É quando nos expressamos como se o outro estivesse do outro lado do espelho.

Solidão: É quando estamos cercado por pessoas, mas o coração não vê ninguém por perto.

Supérfluo: É quando a nossa sede precisa de um gole de água e a gente pede um rio inteiro.

Ternura: É quando alguém nos olha e os olhos brilham como duas estrelas.

Vaidade: É quando a gente abdica da nossa essência por outra, geralmente pior.

Definições fantásticas...
Eu realmente não conseguiria achar palavrar melhores para defini-las...

terça-feira, 23 de março de 2010

LUTO

segunda-feira, 22 de março de 2010

Isabella Nardoni - Julgamento

Já havia postado aqui antes,minha indgnação e protesto ao que houve a Isabella...
Finalmente o dia do julgamento chegou,confesso que estou ansiosa por isso.Peço a Feus que justiça seja feita,e que esse crime não saia impune.Não se joga uma criança pela janela,e nem deixa uma mãe sem filho e fica por isso mesmo...

Estarei de expectadora esperando pela decisão do juri.Nada trará a vida dela de volta.Mais a condenação dos assassinos será nada mais justo.Esperar para ver...

quarta-feira, 17 de março de 2010

Aqui estou...

Depois de mais de 1 mês sem postar,estou a tona novamente.
Tenho vivido dias corrido,dias d emuita benção,se surpeendendo diariamente com o que Deus pode fazer.

Bom é viver o novo de Deus.

Até mais!!!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Happy Birthday




HOJE É MEU ANIVERSÁRIO....
Aceito meus defeitos,admito minhas fraquezas, conheço meus limites, luto, sou persistente enquanto sei que sou capaz, supero meus obstáculos, aprendo com meus erros.

Amo minha vida e tudo que faz parte dela, amo muito as pessoas, mas aprendi que tenho que me amar mais que todos. Tenho esperança, mas não me iludo mais. Tenho medo, mas não deixo que ele mude meu caminho. Acredito que as pessoas mudam, mas sei que isso não depende só de mim. Acredito em Deus e em suas palavras,sua providência... Prefiro ter poucos e bons amigos a ser cercada de amizades duvidosas. Caí? Levanto, sacudo a poeira e dou a volta por cima...

Sei que o mundo não para pra eu me recuperar! Nada na vida é por acaso...
Devemos aproveitar tudo da forma mais intensa possível, o tempo passa e as oportunidades podem não voltar; Pode acontecer o que for, por pior que seja o problema sempre tem uma solução, sempre tem um futuro muito melhor apenas nos esperando desprender do passado; Não me preocupo com que os outros dizem a meu respeito; (...)

Sei que posso chorar,mais vou brigar para sorrir e assim Sou muitoo Feliz Graças ao meu Deus que abençoa a cada instante e dá a minha vida sentido para viver.

24 anos de muitas benção e vitórias,vivendo a certeza que o melhor de Deus está por vir!!!


terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Jejum de Daniel





Início 01/02/2010
Término 21/02/2010

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

E eu...

...Gostava tanto de você...

Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...

Você marcou na minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Agora vai...





Determinada,decidida...e sem passar fome...

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Um Novo Tempo

Nossa depois de tanto mexer nesse blog acho que está no jeito que quero com cara de novo... (apesar de saber que daqui a pouco vou enjoar da aparência e mudar tuuuuuuuuuuuuudo outra vez.) Mas deu trabalho viu.




E por falar em novo... 2010 chegou novinho, tão esperado por mim, Deus sabe que desde o meio do ano passado eu não via à hora de 2009 acabar e começar um ano novo, mais não um ano qualquer: 2010. Pois tenho a plena convicção que será um ano diferente... já está diferente, é um ano de conquistas, principalmente pessoais. Quantos sonhos,quantas expectativas.
Uma coisa é mais do que certa, para que algo aconteça é necessário determinação, atitude, não adianta dizermos que queremos algo e esperar que caia do céu, a mudança de nossa vida só depende de nós.

Deus tem me capacitado e me impulsionado a sonhar, a querer que essas mudanças aconteça.E tudo o que eu tenho determinado a fazer, a mudar,conquistar, eu tenho conseguido levar até o fim, e alcançar meus objetivos.
Olhando para trás vejo alguém muiiiiiiiiiiiiiito melhor em mim, como tenho mudado a cada ano, como tenho sido moldada, como tenho amadurecido, e enxergando as coisas de uma forma tão melhor, como é bom não olhar só para os problemas, o que não deu, ou não está dando certo, como é bom ser uma pessoa que não reclama de tudo, que é otimista, realista, sonhadora, sensata, capaz de perdoar e amar o próximo mesmo com tanta diferença... que não vive só de palavras e ilusões que não tenta passar a imagem de algo que não é,que não deixa tudo pela metade,que não joga em cima de ninguém a responsabilidade de me fazer feliz...Como é bom ser uma pessoas que tem defeitos,que erra e aprende com isso.

Olhando pra trás quantas feridas, quantas lágrimas... mais choraria tudo outra vez,pois se não fosse por elas eu não seria quem eu sou hoje.
Como é bom amar a mim mesma, sem ter medo de ficar a sós comigo mesma. Como é bom ser quem eu sou.

Obrigada meu Deus,pois a cada dia que passa te amo ainda mais por tudo que és,pois é tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuudo o que eu preciso e quero pra viver.
Agora não olhando nem para trás, nem para direita e nem para esquerda somente para frente, só consigo ver uma nova história, e que grandes coisas estão por vir, e por eu crer em quem eu tenho crido, tenho a certeza de que o melhor de Deus chegou!

E que 2010 assim como será pra mim, seja pra vocês também um ano de mudanças e conquistas, de muitas vitórias!!!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Natal!!!





E QUE VENHA 2010!!!

sábado, 19 de dezembro de 2009

Angela e Nessa



This funky card is created by Noemí.
Create your own funky card at CardFunk.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Felicidade está aqui!


Um dia você acorda decidida a mudar o rumo da sua vida. Nossa demorei muito para tomar essa decisão. Mas elas precisam de tempo para amadurecer. Nós também. Foi um bom tempo. Durou o suficiente e me ensinou coisas boas. De saldo: muita experiência,carater e valores formados. Isso é bom, me dá forças e me faz acreditar que realmente plantei coisas boas no decorrer da minha história.A partir de agora um novo começo, uma nova etapa. A vida é um constante desafio, tenho o muito pra conquistar… Uma longa estrada com vários caminhos… Portas se abrem, portas se fecham… Me lanço na vida e ela me leva… O futuro? Deus sabe o que me espera! Deixo pulsar livremente cada movimento consciente de cada passo do meu trajeto… Hoje posso dizer que estou feliz ,tranquila em paz,quanto tempo ansiei por isso,me sinto completa a cada dia,Deus me completa,me molda,me forma cada dia ser humano melhor...ah...como amo esse Deus...como Ele me faz feliz...

Mas para ser feliz precisa de coragem. Deixar o medo para trás e começar a transformar-se, começar a aceitar que ela está dentro da gente e em mais nenhum lugar. É conseguir conjugar o verbo ser, muito mais vezes do que o ter. As conquistas que nos fazem felizes são aquelas que nos permitem crescer enquanto seres humanos. A felicidade faz parte de nossa essência, podemos transmití-la a todos que nos cercam e assim desfrutar com maior alegria nossa existência. A Felicidade é longa para quem consegue entender as pequenas felicidades.Para quem consegue enxergar a mão do criador em cada detalhe.para quem permite que Ele habite dentro do coração.

Estou Sem tempo para quase nada, ser feliz me consome muito!
E eu estou adorando tudo isso.
E eu anseio por tudo isso.
E eu verei meus sonhos um a um serem relizados.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Por que é tão difícil perdoar?


Como tem pessoas que tem dificuldade em perdoar né...

Mais sofredor é quem guarda a mágoa,o rancor...isso nos impede tanto de seguir em frente,ser feliz.


Agradeço a Deus todos os dias por ter capacidade de reconhecer meus erros,voltar atrás,pedir perdão,permitir ser perdoada...amar novamente até mesmo os que tanto me fizeram sofrer.

Não sei conviver com pendências...algo pela metade,sentindo que em algum lugar do mundo exista alguém que guarde mágoa ou ressentimento de mim,ou que em algum lugar do mundo exista alguém que me fez sofrer e eu preicsa liberar perdão...


Diante a tudo isso semana passada dei um passo muito importante em minha,consertei algo de extrema importância pra mim...sei que muitas pessoas,aquelas mesmas que são incapazer de perdoar,de amar de verdade,classifica como boba,idiota...qualquer coisa desse tipo as pessoas que tem o privilégio de perdoar.


Perdoei...Pedi perdão...e resolvi mais um conflito dessa minha vida tão intensa.




AMO MUITO TUDO ISSO!!!


Posso seguir em frente,ser feliz.Perdoar sempre que for preciso,e pedir perdão sempre que errar.






quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Feliz...

Nossa quanto tempo sem postar....Que saudades...
Depois da confusão da telefônica não coloquei mais internet.E não sinto mais falta.
Muita coisa mudou nesses meses principalmente em mim...
Apesar de algumas coisas estou vivendo uma fase de muita paz,e estou muito bem comigo mesma.Como é bom deitar a cabeça no travesseiro e dormir.Sentir que bem lá dentro do coração não existe nenhum vazio.

É tão bom não ter a sua felicidade nas mãos de outra pessoas ser feliz assim por si mesmo.

Assim que der estarei por aqui de novo.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Desativada do mundo virtual

Estou totalmente desconectada do mundo virtual.

A benção da telefônica(para não dizer outra coisa),fez com que a internet de casa me desse Adeus.E sem razão.Como já iria cancelar aquela porcaria de serviço,só me resta procura outra opção de internet,enquanto não encontro estarei ausente.

Curtindo as minhas longas férias..........

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Mais um ano de vida.

OLá amigos, hoje é mais um daqueles dias que quero partilhar com vocês, é o meu aniversário.Hoje faço 23 anos e quero deixar aqui para todos um beijinho bem especial, um grande sorriso e toda a minha amizade....Sou eternamente grata a Deus por seu amor incondicional,e me por me guardar sempre.Para Ele o melhor de mim.

Desejo portanto um grande dia também, uma semana maravilhosa e como dizia alguém, façam-me um favor, o de ser feliz....




Bjs.

domingo, 4 de janeiro de 2009

Bem vindo 2009!

Por muito tempo eu acreditei em minhas convicções, era fiel às minhas conclusões, era satisfeita com as minhas experiências, mas este ano que se foi eu descobri tanta coisa, aprendi muito, conheci pessoas que me mostraram outros ângulos a serem meditados, outros caminhos a serem percorridos, outros lados ainda não vividos, outras verdades e paradigmas a serem quebrados.

Descobri cada palavra desconhecida e tão significativas.Esse ano foi difícil, mas de muito crescimento e estou Feliz com tudo isso!
Senti que a minha humildade foi moldada e nestes últimos meses tive a experiência de sentir como nunca a fé inabalável em mim e acredito que estou conseguindo esquecer meus fracassos e sonhar com a minha glória, com a minha vitória!

Sou alguém em busca de verdades e sinto que o Deus que eu creio tem facilitado estas respostas em todas as áreas: espiritual, emocional, profissional e emergencial!
E, acho que estas verdades que me são reveladas são frutos dos caminhos cheios de espinhos pelos quais passei, me feri e venci!

Aprendi muito com a espécie de espinhos encravaDORES de coração, que ao colocar todo o meu empenho em pessoas que eram um pesadelo, ao permiti que invasores seqüestrassem o mais precioso de minha alma, ao deixar que pessoas erradas que não sabem olhar nos olhos fossem a pessoa certa a tirar de mim a esperança de amar e ser amada, ao acreditar demais em alguém que não busca ser alguém de verdade, acredito,que avancei na verdade sobre várias aréas da minha vida.

Essa espécie de espinhos desafiadores me fizeram não aceitar não querer saber, não admitir não saber e ir além sem olhar para os lados! Pois, mesmo sabendo que só sei que nada sei, como disse Sócrates, meias medidas perdem todas as guerras e estou dando as primeiras braçadas nesse universo que clama por bons profissionais e operadores da cidadania, logo não posso nem pensar em parar ou desistir!

Os espinhos opressores, atormentadores ou simplesmente lançadores de dardos inflamados me fizeram agir e me lançar em orações, preces protetoras!

E, já ia esquecendo-me dos espinhos lançadores de mão de minha confiança, digo pessoas invejosas que não me querem bem, "amigas "que maquinam em meus planos,meus sonhos com mentiras,negativismo, amigos que jogam meu nome em terreiro ...

Comecei a sorrir ao ver refletir na vida de vocês todo feitiço que me lançaram. E acreditem estou bem de saúde e zelando por ela, saúde física, emocional, espiritual, profissional, financeira e nada vai mudar a não ser para melhor, pois Deus luta por mim, quer dizer luta comigo!

Cuidado com os teus olhos, hein??!!
Verdades me foram reveladas e promessas feitas, não duvide do que digo e do que vocês não entendem por desconhecerem!

As promessas de Deus para minha vida foram feitas e todas elas eu irei viver.
Os que Deus reservou para mim será de direito MEU!!!

Portanto, não seja revoltado com os espinhos eles são os maiores incentivadores para o crescimento completo!

Busque ser FELIZ de verdade!!!


Desejo um ano novo de paz e amor para o mundo, nada melhor que Mário Quintana para escrever versos sobre o que é amor:


Amor não é se envolver com a pessoa perfeita,
aquela dos nossos sonhos.
Não existem príncipes nem princesas.
Encare a outra pessoa de forma sincera e real,
exaltando suas qualidades,
mas sabendo também de seus defeitos.
O amor só é lindo,
quando encontramos alguém
que nos transforme no melhor que podemos ser.

(Mario Quintana)

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Feliz 2009.




Chega ao fim mais um ano...


E com ele surgem os eternos anseios de que no coração de cada um tenha sempre uma luz intensa e radiante!


Uma luz que renova as esperanças que nos transportam para um mundo onde podemos acreditar em nossos sonhose torná-los realidade!


É tempo de compartilhar, de abrir nossos corações expressar nossos sentimentos!


Que ela se "fortifique" na bondade que emana de Deus para que leve sempre consigo, a certeza de um mundo mais digno de se viver...


quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL!

FELIZ NATAL!!!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Prêmio dardos



Obrigada Erika pelo selo Prêmio Dardos. (http://garotaexotica.blogspot.com/)

Agora repasso aos blogs:







Agora, segue as instruções para quem recebeu o selinho...


"Com o Prêmio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web."

E as regras são:
1) Exibir a imagem do selo;
2) Linkar o blog pelo qual você recebeu a indicação;
3) Escolher 15 outros blogs a quem entregar o Prêmio Dardos;
4) E avisá-los, claro!

Obs: Não indiquei para 15 blogs.Mais indiquei os melhores.Que vale a pena acompanhar.

Natal.


"Em tempos bicudos, alguém acreditar em Papai Noel é motivo de chacota.


Não acredito em Papai noel mais todo ano ele aparece na nossa ceia de natal,e ele é aguardado ansiosamente pelas crianças e pelos adultos.Já virou praxe a troca de lembrancinhas entrgue pelo velhinho que cada ano é interpretado por alguém,e que rende boas risadas...


Me faz bem ir ao shopping, comprar presentes, pensar nas pessoas que eu gostaria de agradecer por estarem na minha vida. Na verdade, o que ninguém sabe é como consigo manter esse espírito natalino, mesmo quando o ano foi especialmente ruim.


Primeiro que já é uma tradição reunir a família nessa época do ano,mesmo com toda nostalgia,e tristeza por quem já não está mais presente...


Vou contar que ainda tenho esperança de dias bons, que consigo agradecer todas as manhãs pela família que tenho , que ainda olho para a minha vida com amor. Vou contar que peço sempre á Deus para acordar bem e ter um dia maravilhoso.


É satisfatório ver todos reunidos para fazer da Ceia algo especial e gostosa em todos os sentidos,ver todos envolvidos na brincadeira têm um pouco do brilho do Natal dentro delas. Ainda bem. Foram elas que reconstruíram, outro ano, o que havia de melhor em mim: a capacidade de acreditar.


"Que esse Natal seja especial para vc também. "

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Férias...

É...as adoráveis férias estão chegando...dias de descanso e reflexão.
Sejam Bem vindos!!!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Ciclos de nossas vidas



Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...

Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos.


Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país?A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?


Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu.Pode dizer para si mesma que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó.


Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seu marido ou sua esposa, seus amigos, seus filhos, sua irmã, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.


Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.


O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.


As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora.Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.


Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração.. ... e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

sábado, 29 de novembro de 2008

* O TEMPO *



O despertador é um objeto abjeto.

Nele mora o Tempo.

O Tempo não pode viver sem nós,para não parar.

E todas as manhãs nos chama freneticamentecomo um velho paralítico a tocar a campainha atroz.

Nós

É que vamos empurrando,dia-a-dia,sua cadeira de rodas.

Nós, os seus escravos.

Só os poetas os amantes os bêbados podem fugir por instante são

Velho...Mas que raiva impotente dá no Velho quando encontra crianças a brincar de roda e não há outro jeito senão desviar delas sua cadeira de rodas!

Porque elas, simplesmente, o ignoram...


Mário Quintana

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Amélia moderna




Amélia que era mulher de verdade. Eu sou apenas uma mulher. E gostaria de reivindicar o direito de sê-lo.


Sou vaidosa. Uso baton pra dar cor à minha vida. Maquiagem para parecer mais bonita.Não faço tudo com perfeição. Também não sou perfeita. Tinjo os cabelos, e se à noite tenho dores de cabeça é porque me sinto cansada.


Nem sempre estou disponível e pronta. Cometo erros. Me engano, como qualquer outro ser humano normal.


Gosto de roupas, sapatos, jóias, perfumes e flores. Um minuto de atenção me faz ganhar todo o dia.Sou sensível, fraca, frágil. Sou forte quando preciso.
Minha única busca: o amor verdadeiro,o amor ao próximo e tudo o que dele resulta: crianças, trabalho, dia-a-dia e felicidade. Mas vou além: quero segurança, andar de mãos dadas, ser pega no colo.Ter alguém que realmente seja "meu ".


Minhas lágrimas me traem quando menos espero. E me desespero. Detesto a solidão, a falta de atenção. Sou impaciente e não gosto de esperar.Não quero ser objeto e nem ter dono.


Sou capaz, por mim mesma, amando, de me entregar de todo e ser fiel. Sem amarras, simplesmente por amor.


Posso ferir, como todas as rosas. Mas perfumo também, dou encanto.
Ilumino o amor como só as mulheres sabem fazer. Compenso, se assim posso dizer.


Há sempre um preço para a felicidade e tocar nela é aceitar pagar esse preço.
Sou uma Amélia dos tempos modernos. Mais independente, sabendo o que quer.


E o que quero é ser eu mesma.

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Sorrindo...

Ontem um sonho acabou

Mas a vida continua e eu vou estar sorrindo

E isso não quer dizer que eu não possa mais sonhar

Preciso ser mais eu, continuar sorrindo

Sou mais forte

Vou viver bem melhor

Ontem um sonho acabou

Mas a vida continua e eu vou estar sorrindo

E isso não quer dizer que eu não possa mais sonhar

Preciso ser mais eu, continuar sorrindo

O veneno que jogaram na minha alegria

Virou o soro contra toda tristeza

Ganho mais um dia em minha vida

Agradeço e vou atrás sorrindo

Sou mais forte

Vou viver bem melhor

Ontem um sonho acabou

Mas a vida continua e eu vou estar sorrindo

E isso não quer dizer que eu não possa mais sonhar

Preciso ser mais eu, continuar sorrindo

Sorrindo.



(Aliados 13)

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Feliz...através da dor.




Nem tenho como escolher um número que defina quantos dias eu passei na escuridão e tristeza nessa vida. Hoje, analisando, é que posso perceber que não foi pouco o tempo. Encaro que foi um período que trouxe aprendizado.

Eu deixei de acreditar, perdi o gosto pelas coisas da vida, pra mim tudo era tão mais ou menos, toda a minha vida passou a ser mais ou menos e não demorou para que se tornasse sem graça demais e sem sonhos e nenhuma motivação, naõ tinha mais um objetivo, um lugar que se quer chegar. Não sei dizer quando e como foi que isso aconteceu, foi aos poucos e quando vi, eu não sabia mais o que eu tinha pra fazer aqui, nesse mundo.


Era tal como um barquinho pequeno perdido na imensidão de um mar revolto, cheio de ondas gigantescas, que a qualquer momento me fariam sucumbir e afundar de vez. Me sentia perdida, com tanta dúvida e angústia.


Procurava os defeitos dos outros e me incomodava com eles, me deixava influenciar por eles, mas não via o quanto eu errava, o quanto eu agia em desfavor de mim mesma.

Hoje entendo que a vida é um presente valiosíssimo de Deus, que não valorizá-la em plenitude é fazer desfeita com Aquele que te presenteou.


Entendo que precisamos da ajuda do Altíssimo, mas que o primeiro passo é nosso. O querer, a vontade; Que tudo começa com coisas simples: cuidar de si, da aparência, se gostar, estar bem, criar um ciclo de pensamentos positivos; Tudo isso faz a diferença.


Quando vc pensa no mal, ele vai crescendo em pensamentos e atitudes e vira uma bola que acaba por te envolver. Mas quando vc começa a pensar o bem, o positivo, a luz, isso tudo também vai se juntando numa nuvem de coisas boas, que da mesma forma te envolvem e passam a fazer parte da tua vida.Sei que hoje minha visão dos problemas é diferente, vejo com mais clareza o que significa aquele obstáculo e sei com mais certeza o que fazer diante da dificuldade.


São tantas as lições que ainda virão. Espero ansiosa por mais aprendizado;

Mas hoje não me sinto um barquinho abandonado e desgovernado. Estou pronta pro dia de sol e para a tempestade. Graças a Deus...

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Gosto e desgoto...

"Não gosto da solidão.
Entro em pânico quando vou ser avaliada.
Não entendo a vida por causa da existência da morte.
Vivo lembrando do passado, mas o presente é o que importa para prepararmos um futuro!
A angustia é a pior dor.
Sou otimista em relação a vida.Sou pessimista em relação a morte.
Sou compulsiva.
Sou ansiosa.
Não gosto de saber que errei porque me esforço muito para que isso não aconteça.
Espero que as pessoas tenham atitudes que nem as minhas.Me abalo quando elas não tem.
Não sou interesseira.Quero conseguir as coisas com meu trabalho.
Odeio gente espaçosa.
Acho que as pessoas sempre tem o que aprender,principalmente sobre amor!
A beleza me conquista.
Estilo também me conquista.
Não gosto de fazer parte de um todo.
Prefiro sempre a minoria.Principalmente se é essa que faz a diferença.
Humildade é muito importante.
Mesquinharia é péssimo.
Tento sempre ter semancol porque me envergonho muito por quem não tem.
Sonhar é tudo.Realizar melhor ainda.
Tenho difuculdadeS de expressar o que sinto.
Me apaixono fácil.Me desapaixono fácil também.
Enjôo muito fácil das coisas...
Amo cães e gatos.
Amo perfumes e maquiagens!
Quando canso de uma pessoa, dificilmente me apego a ela denovo.
Sou amiga.Sempre que alguém precisa, gosto de estar por perto!
Falo da minha vida com moderaçãO...
Gosto e desgosto.Minha vida vive em constante evolução..."

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Momento Urgente.

Imagens distorcidas
Imagens refletidas
Eu vejo no espelho do real imaginário.
Os sons se confundem
A imagens se embaralham
A vida se confunde
Meus olhos clamam por clareza
Meus ouvidos pedem ordem
Meu coração pulsa.
Os sons e imagens chegam descompassados
Minha mente entra em pânico
Minha cabeça decola
Rumo ao olho do furacão.
O Momento é urgente
O sangue pulsa nas veias,
A confusão se forma
Um vácuo
O coração bate forte
A cabeça parece que vai estourar
Os sons são cada vez mais fortes
As imagens cada vez mais distorcidas
O coração cada vez mais descompassado
Preciso parar, refletir
Quanto mais procuro,mais confusa fico.
Procuro por mim
Largada em algum lugar
Entre o passado e o futuro
E num circulo vicioso, continuo na corrida
Perdida no tempo e no espaço
Tentando me achar.

domingo, 23 de novembro de 2008

Negação...

A chave para a sobrevivência é a negação.

Negamos que estamos cansado, negamos que estamos com medo, negamos até o quanto que queremos ter sucesso. E, mais importante, negamos que estamos em negação. Nós só enxergamos aquilo que queremos e só acreditamos naquilo que queremos e assim dá certo.



Nós mentimos tanto que as mentiras começam a parecer verdade. E negamos tanto, que a gente não consegue reconhecer a verdade quando tá na nossa cara.



Às vezes, a realidade dá um jeitinho de vir de fininho e dar um beliscão na tua bunda. E quando a represa estoura, a úncia coisa que você pode fazer é sair nadando.



O mundo do fingimento é uma jaula, não um casulo. Nós só conseguimos mentir pra nós mesmos por um tempo. A gente fica cansado, com medo e negar isso não muda a verdade. Cedo ou tarde, a gente tem que deixar a negação de lado e encarar o mundo.


Ande com a cabeça erguida, com vontade.


O Nilo não é apenas um rio no Egito - é todo um oceano.



Então como você faz para não se afogar nele?

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Hoje não...

Hoje não dá....

Sem inspiração...sem animo...sem forças...

Deus sabe,conhece e percebe...

Quero falar...mais quem vai ouvir???

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Triste...


Sinto como se uma parte de mim estivesse partindo...
Já sorri...demais...

... e chorei muiiiiiiiiiiiiiiiiiito...
Mais uma vez a sensação de que não há nada que eu possa fazer...
Que dor...
...muita dor...
Há tantas coisas que me afligem, que me sufocam e me enlouquecem.

Há tantas coisas que me tiram as palavras, o ar e que me deixam lerda, lesa.Há tantas coisas...


....assim como há.

Longe...tão longe...


Far Away (tradução)
Nickelback


Longe...

Este tempo, este lugar

Esses desperdícios , esses erros

Tanto tempo , tão tarde

Quem era eu para te fazer esperar?

Apenas mais uma chance

Apenas mais um suspiro

Caso reste apenas um

Porque você sabe,

Você sabe , você sabe...


[Refrão]Que eu te amo

Eu sempre te amei

E eu sinto sua falta

Estive afastado por muito tempo

Eu continuo sonhando que você estará comigo

E você nunca irá embora

Paro de respirar se

Eu não te ver mais


De joelhos, eu pedirei

Uma última chance para uma última dança

Porque com você, eu resistiria

A todo o inferno para segurar sua mão

Eu daria tudo

Eu daria tudo por nós

Dou qualquer coisa, mas não desistirei

Porque você sabe você sabe, você sabe...


[Refrão]Tão longe

Estive afastado por muito tempo

Tão longe

Estive afastado por muito tempo

Mas você sabe , você sabe , você sabe...

Eu quis

Eu quis que você esperasse

Porque eu precisava

Porque eu preciso ouvir você dizer:"Eu te amo

Eu te amei o tempo todo

E eu perdôo você

Por ficar tão longe por tanto tempo


"Então continue respirando

Por que eu não estou te deixando mais

Acredite em mim,

Segure-se em mim e nunca me solte.

Continue respirando

Segure-se em mim e nunca me solte

Continue respirando

Segure-se em mim e nunca me solte..."

domingo, 16 de novembro de 2008

Além do Horizonte....



Eu tinha uma imagem completamente diferente da que tenho hoje, Saudade pra mim, era de uma pessoa que morava longe, um lugar que adoraria visitar... ou alguém que foi embora e só depois de uma semana poderia ver (meses que seja, anos talvez...)... Mas você iria saber noticias, ver uma foto...ouvir a voz, tanta tecnologia hj em dia...

Mas achava q a saudade é digamos suportável.


Saudades de uma comida, de um lugar...de um dia de festa... e por ai vai.... Mas NUNCA senti mesmo a saudade verdadeira...essas que algum tempo venho sentido,saudade de quem partiu e nunca mais vai voltar,e saudade de você que mesmo perto está tão longe...é aquela saudade que NÃO pode ser matada !


Aquelas saudades do cheiro, da voz, do jeito, do olhar, do beijo.... Essa saudade que ninguém poderá te fazer sentir novamente... Uma saudade q ficará eternamente em vc...


Saudades eu aprendi o significado... e cada dia que passa ela se torna mais e mais difícil...e ao mesmo tempo se torna uma companheira.... O tempo ameniza, mas não ameniza a falta! Ameniza a dor.... Mas a saudade. Hummmm.. Palavrinha sem vergonha!!!!


A saudade de tempo que nunca mais virão... De pessoas que não estarão, para pelo menos tentar reviver, afinal, momentos são únicos, podemos até tentar fazer igual, mas não fica igual... talvez similar....


Um tempo que vc era feliz, e não tinha noção, um tempo... que tudo tinha um colorido mais bonito...um por do sol mais lindo.... Mas que hoje em dia isso não tem tanta importância.


Algumas coisas, ficam preto e branco, outra com colorido, mas aquele desbotado. Não quero dizer que perde-se a motivação de viver, mas começamos a dar valor a outras coisas... Digamos assim...


Então, vc começa um significado mais importante a pequenas coisas.... que antes era tão fúteis...e hj tão essenciais...! Damos valor aquele abraço, aquele beijo demorado... Aquele presente q vc julga ser tão pouco, mas pra vc Putz.." Ela lembrou de mim"... um simples Oi... um email, uma ligação !


É bom... Tudo muda de figura... Tudo fica diferente... pq amanhã não sabemos se estaremos podendo CURTIR com essa pessoa, esse presente, estar presente, um bate papo..as reuniões de amigos/familia.


A vida é sim um eterno aprendizado, só na dor que aprendemos a dar valor aqueles q tivemos, e o que perdemos... Na dor, no sofrimento vemos o quanto fomos egoístas em certos pontos e quanto fomos guerreiros.... O quanto fomos amados e o quanto amamos ainda....e os que nunca saberão o que é amar verdadeiramente....


Aprendemos a enxergar a vida de um modo completamente diferente.... Aprendemos a não ter mais vergonha... a ser mais nós mesmos...e sermos o que somos! Sem máscaras... queremos que as pessoas façam as pazes com entes queridos, que curta esse tempo...passamos a ser talvez um "conselheiro"... e ensinando a re-aprender a amar os seus....


Confesso que é um aprendizado duro, doido...de engrandecimento da alma, do espírito, que todos passarão... eu passei e vcs tbm um dia irão passar... é a natureza, a ordem dos fatores... e será sempre assim... basta a nós sabermos vivenciar cada instante....e aproveitarmos cada segundo que temos...e não desperdiçá-lo...


A vida é UNICA.... mas além do horizonte... todos se encontram e isso que nos faz sobreviver e ter fé e ir continuar a nossa jornada !


Não termina aqui... Eu acredito... e vc?!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

SOMETIMES...

Às vezes corro muito e, destraidamente esqueço de dar às pessoas o que elas esperam de mim, ou pelo menos o que eu acredito que elas esperam.
Às vezes me sinto plena e tenho vontade de cantar e contar ao mundo com um grito estridente a minha felicidade. Às vezes choro sozinha e sinto o coração apertado por não poder mudar uma situação, não poder fazer diferente.

Às vezes sinto uma vontade de abraçar a todos, de estar junto, de integrar as mesas de bar rodeadas de amigos e conversa fiada. Em outros momentos prefiro a solidão, me confidenciar com meu PC e me entregar a minha própria e inevitável companhia.

Às vezes queria ir pra bem longe, encontrar algo que eu não sei, mas que não está aqui. E às vezes sinto aconchego do lugar onde estou.Tem momentos em que sinto medo e em outros pura ousadia.Momentos de dúvida, de questionar até o que está em mim mesma.

Tem aqueles momentos de angústia, da sensação de que a vida parou de andar, o mundo esqueceu de girar e eu estou presa e sufocada no meio disso tudo.Às vezes me ocorre que sou totalmente feliz e agradeço em silêncio. Em outras horas penso que a felicidade são momentos, que ela é um vai-e-vem, não constante, nada linear.

Às vezes quero tudo de uma vez, com tanta vontade que me perco em planos e empolgação. E tem também os momentos de não fazer nada, de inércia declaradamente preguiçosa e sem fim.

Às vezes amo. Mas sou capaz de odiar também.

Às vezes sonho, mas igualmente desiludo.
Tenho frio, tenho calor.Tenho esperança e em seguida nem acredito mais em nada.

Tenho tudo o que queria e em certos momentos sinto que tudo me falta.Cada ser humano é único, diferente e especialmente peculiar, mas na hora de sentir dor, na hora de sentir alegria é todo mundo tão igual.

Por esse motivo é que tenho certeza de que qualquer um que leia esse texto encontrará aquilo que o faça dizer: "Eu também sou assim"...

Quero viver a vida com todos os sabores, sem me importar quais os dessabores, experimentar no mesmo prato uma porção de amor e uma colherada de ódio.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Brainstorm


Eu vejo tanta beleza, tanta poesia e tanta loucura, riqueza e pobreza, eu tenho vontade de falar e de cantar às vezes, eu vejo surpresas agradáveis, vejo injustiças e mentiras, contradições e preciso gritar!!!


Acho que é por aí... em tempos modernos, tempos de tanta informação, tanta idéia, é turbilhão! é brainstorm a todo minuto...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

VIVA BARAK OBAMA!!!


Sua vitória representa um momento de superação histórica para os Estados Unidos, que provam mais uma vez a capacidade transformadora de sua democracia e de sua sociedade.Ele soube transmitir visão de futuro, capacidade de liderança e a certeza de que a esperança é mais forte do que o medo.Obama tem em suas mãos o desafio de superar a decepção e tragédias que o Bush deixou.

Barack Obama, discurso da vitória:

"Demonstramos que a força autêntica de nossa nação não vem do poderio de nossas armas ou da magnitude de nossa riqueza,mas do poder duradouro de nossos ideais:democracia, liberdade, oportunidade e firme esperança.A verdadeira genialidade dos EUA:o país pode mudar”

Triste...tristinha e tristonha....

Estou profundamente" triste e desiludida... Com as pessoas... Com o mundo,mas também com o "sistema"... com a "comunidade"... com você...enfim... com tudo e com nada.

A sensação de desilusão com as pessoas já não é estranha para mim. Acho que posso afirmar que, desde muito cedo, sempre soube o que é acreditar demais em alguém... Ou acreditar completamente em alguém, indevidamente,é muito perigoso. Mesmo naquela pessoa que achamos impossível de nos desiludir.

No fundo tive um sonho. Esbocei-o, mais tarde desenhei-o e ele ganhou vida e desenhou-se a si mesmo mais perfeito do que alguma vez foi no meu esboço... Cresceu, ganhou forma definida. Tornou-se em algo muito maior do que alguma vez imaginei no meu sonho... Tive muito orgulho dele... Do meu sonho, do meu desenho, de mim mesma...Hoje o meu orgulho desvanece-se... Não o orgulho em mim, mas o orgulho nele. Não sei bem no que se está a transformar esse "velho" orgulho, talvez em arrependimento... Talvez "apenas" em desilusão, tristeza, não sei... Sei que não sinto aquele orgulho, nem aquela satisfação, nem aquele entusiasmo...

Algo muda, em mim ou nos outros. É difícil sentirmo-nos envolvidos em algo que não queremos... É difícil sentirmos que nos apontam o dedo sem razão... É muito complicado lidar com o fato de nos responsabilizarem por algo em que nos consideramos inocentes...

É difícil sorrir quando por dentro o coração chora,me ferir? Me magoar? É...você conseguiu.

Vai tudo ficar bem, eu sei! Não há alternativa, felizmente! :) Nem que seja com uma solução drástica... Porque há sonhos que morrem e outros que matamos voluntariamente... Porque há coisas que são muito boas, mas apenas no "timing" certo...

Ah...fiz um "pacto" comigo mesmo, e dele me lembro todos os instantes em que eu penso em fraquejar...prometi a mim mesma que seria muito mais forte do que tudo,e que ninguém me veria chorar por causa disso...

Pra você estou otimamente bem,obrigada,e no lugar de minhas lágrimas terá sempre os meus sorrisos,afinal eu dou risada sempre porque eu sou...RISONHA...kkkkk E aquelas que fazem dos meus dias mais felizes,e de minhas risadas mais completas...AMO VOCÊS SEMPRE!!!

terça-feira, 4 de novembro de 2008

IDIOTA

sábado, 1 de novembro de 2008

Ainda presa em você...

Lado Errado - Victor e Léo

Era como se estivesse
Pra começar um novo amor
Eu do lado errado sem saber
Que em vão tudo acabou
Como posso agora te culpar
Fui eu quem quis te encontrar
Joguei no escuro sem pensar
Errei deixei me levar
Agora mesmo a chorar
Eu tenho que encontrar
Um jeito de fazer você me amar
Eu simplesmente não sei mais
Gostar de alguém sem ser você
Você roubou a minha paz
Vem cá meu bem
Vem cá dizer
Quem poderá me devolver

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Uma colher de chá.



Ando querendo, solicitando na verdade, uma audiência com a Dona Vida. O pedido: uma colherzinha de chá. Colherzinha, não. Uma boa colherada de chá. Uma folga, um recreio, uma lógica pra seguir, uma carinho, um algodão doce bem grandão.


Não, a vida não é ruim comigo. Muito pelo contrário. Eu é que estou cansada. Cansada de ter que ser o que a gente tem que ser para viver por aí. E por aqui. E por todo lado.

Na verdade, queria que a Vida desse uma colher de chá pra todo mundo à minha volta. Seríamos assim, um monte de gente de folga. Folga de intelectualidades refinadas, de posturas adequadas, de superficialismos existenciais, de joguetes, de maldade, de afetos artificiais, de tantas palavras que não dizem nada.


Ás vezes penso _Caraca, será que estou só nessa ânsia por uma convivência mais simples, com mais risadas, com mais palavras soltas, com mais aceitação, com mais to-le-rân-cia, com mais abraços apertados e demorados, com mais portas abertas, com mais "eu adoro você", com mais tempo para simplicidade?


Devo estar sendo redundante, eu sei.

Deve ser esse inconformismo que me ronda e não permite a devida adaptação. Por mim, a Dona Vida sairia distribuindo colheres e mais colheres de chá pra todo mundo, uma chazinho que acrescentasse mais sorrisos, mais encontros e mais delírios por esse mundo que anda , por vezes, tão chatinho.


-Ah, Dona Vida, help me, please!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Dê o que você tem de melhor...



"Não corra atrás das borboletas. Cuide do seu jardim e elas virão até você!"


Devemos compreender que a vida segue seu fluxo e que esse fluxo é perfeito. Tudo acontece no seu devido tempo. Existem etapas a serem percorridas...


Nós, seres humanos, é que nos tornamos ansiosos e estamos constantemente querendo 'empurrar o rio'. O rio vai sozinho, obedecendo o ritmo da natureza.


Se passarmos todo o tempo desejando as borboletas e reclamando porque elas não se aproximam da gente, mas vivem no jardim do nosso vizinho, elas realmente não virão. Mas se nos dedicarmos a cuidar de nosso jardim, a transformar o nosso espaço (a nossa vida) num ambiente agradável, perfumado e bonito, será inevitável...as borboletas virão até nós...


DÊ O QUE VOCÊ TEM DE MELHOR E A VIDA LHE RETRIBUIRÁ!"

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Tem dias que a noite é FODA.E ontem foi uma dessas...

Meu Deus o que foi aquilo???????????

Tem coisas que acontecem conosco que desejamos realmente não querer que seja...

Como é ruim quando perdemos o controle de algo,e nossas expectativas são frustadas,nosso planos desfeitos..

Um sentimento de impotência,frustação,de limitação nos toma conta e nada podemos fazer...

Como queria voltar o relógio em 28 horas e fazer tudo de novo,as mesmas expectativas,os mesmo planos,as mesma emoções, a mesma roupa e maquiagem...o mesmo evento...

Pois é inflelizmente não posso...

E as minhas expectativas agora são de dias melhores,que possamos resolver a bagunça e a sujeira que outro ou melhor outra deixou...

Anseio pelo sossego,a paz e o descanso..preciso desacelerar...desacansar...

E com certeza DIAS MELHORES VIRÃO!

domingo, 19 de outubro de 2008

Mais uma vida que chega ao fim porque o ser humano não sabe amar...




O que é amar?

Essa não é uma pergunta fácil de responder, definitivamente. Só quem sentiu de verdade é capaz de saber o que significa amar. Mesmo assim, quando um amor morre e surge outro, nota-se que o sentimento está ali, mas é bem diferente do anterior. Portanto, é fácil perceber que um amor não é igual ao outro.




Na infância, amamos nossos pais desesperadamente. É um sentimento de necessidade, não conseguimos viver sem eles. Mas ali não há um amor romântico, é o carinho, a referência, a admiração, o porto seguro.
Na adolescência, a primeira paixão nos tira o fôlego, a concentração, o prumo. Fica difícil fazer ou falar de outra coisa. Fica difícil fazer e falar ao lado do amado. E a sensação é de que nunca mais amaremos alguém como nesta fase da vida. Quem que já não pensou ou falou essa frase quando tinha 14, 15, 16 anos.




Quando crescemos, percebemos que o amor não é só isso. Há dificuldades para amar. Mas mesmo assim é muito bom. Há poucas coisas que são capazes de fazer frente ao estado incrível de amar e ser correspondido. Uma sensação de completude nos inunda. É a parceria, a cumplicidade, o respeito, a diversão, o entusiasmo, as descobertas...



Mas o tempo também muda isso. Hoje, amar alguém é cada dia mais difícil. Quer dizer, nos tornamos mais exigentes com quem vai ser o objeto do nosso amor. E quem consegue chegar lá geralmente tem a recompensa dos vitoriosos.



Mas há uma pergunta que está martelando na minha cabeça desde segunda-feira: que amor é esse que sequestra, agride, oprime e mata,que dá um tiro à queima roupa, com a clara intenção de matar? Definitivamente, isso não é amor.


Estou arrasada com o final desta história. Triste, muito triste ,como não se abalar com isso,como não sentir a dor de ver uma menina de 15 anos linda,jovem,com uma amiga disposta a defendê-la com sua própia vida,e um ex-namorado,louco,desequilibrado disposto á tudo...a menina linda,com uma vida inteira pela frente,tantos sonhos,tantos planos... morta.



Tendo sua vida interrompida por um cara descontrolado que acha que amar é ser dono do outro.Não acredito que isso é amor... Como é triste ver alguém chegar a conclusão que tem que matar por amor...
Não tem com o ser indiferente á isso,seria desumano.Poderia ser minha irmã,minhas primas todas adolescentes com muita vida pela frente assim como a Elóa,poderia ser minha amiga,poderia ser eu...




E o pior de tudo é que não tenho expectativas nenhuma de que isso vá acabar de que o mundo vai melhorar,e de que quando eu ligar a TV não vou mais me chocar e chorar por mais uma tragédia...Essa ilusão não posso viver...e isso é duramente triste...

Só nos resta pedir que Deus console a família e os amigos da Eloá.E todos nós devemos aproveitar cada dia de nossas vidas,cada detalhe,cada instante,aproveitar cada minuto com as pessoas que amamos...pois realmente poderá ser o último...




Que amor é esse


Que mata, que ameaça.


Que maltrata, que isola...?


Que amor é esse


Que sufoca, que impõe,


Que intimida, que limita...?


Que amor é esse


Que marca, amarra,


Recusa e que seqüestra?


Que amor é esse


Que agride, negocia


Invade e interrompe uma vida?